23-10-2018

 

Um lindo encontro com muitos amigos escritores, convidados, professores e admiradores da cultura literária catarinense, que vieram na noite de hoje, 23-10-2018, parabenizar a nossa amiga escritora e confreira Katia Rebello. O lançamento de seu décimo primeiro romance intitulado " O terceiro ingrediente" é um livro repleto de mistérios, recheado de doces e aperitivos, deverá encantar a todos desde as primeiras páginas. Parabéns amiga, desejamos muitas alegrias e sucesso neste novo patamar literário. Vera De Barcellos.

 

13-09-20183-

4-08-2018

 

Deixe-me viver!

         Não abafe o choro

         Dos que pediram para vir,

         Ao deserto de sua própria evolução...

         É o arrolho dos pombos em seu ninho...

         É a semente que tenta desabrochar...

         São as pedras que rolarão pelo rio...

         É o sal que se dissolve no mar...

Não abafe o riso encantado

De um novo ser...

Seu canto desenrola fecundo

Na direção dos mundos

Ao encontro dos corações, para amar...

         Deixe... deixe...

         Que teus braços o embalem feliz

         Num encontro aconchegante

         Do teu peito... MÃE!

         A criança que está para vir.

         Deixe... Deixe...

         Seus pequenos olhinhos

         De encontro aos teus traduzirem...

         O encontro de DEUS... Em teu próprio ser

Olhe o encanto das estradas,

Os espinhos, tuas mãos olvidarão por tirar,

Para que seus pequeninos pezinhos possam caminhar...

Basta, mulher, tu dizeres não...

Deixe a vida seguir seu rumo,

Dixe a Luz de DEUS 

Em tua vida brilhar!

Vera De Barcellos

  

Em 2- 2017

Mulher o teu nome é forte
não importa de onde vens ou para onde vais
Vc mulher dos mesmos tempos...
Sempre Mulher
Que nas andanças do dia a dia
Simplesmente MUlher...
Hoje é o teu dia
ou todos os dias do teu viver
Sempre Mulher,
Abençoada por Deus
Filha do mesmo Pai
Lembrnado que no decorrer dos dias
Luz na vida de todos nós.
Amém 
 
 
 

 

Em 16-08-2016

Apresentado on line : face book, Google +, A. D.L., A.L.P., A.L.B., A.L.B./SC-Fpolis e Varal do Brasil
 

Um sopro de paz e amparo espiritual 
faz o amor e a paz
estarem unidas em tua vida...
Na expectativa de dias melhores
Alegrias e apaziguamento em teu caminhar...

Vera De Barcellos.

(Da obra Um Novo Despertar)

Em 30  de julho de 2016

 
Reunião da Academia de Letras de Palhoça, apresentado o poema Tempos
 

Tempos...

Meu tempo nosso tempo

fogem como areias ao vento

tempo de meditar e refletir

tempo onde está o meu tempo sonho ou vivo no tempo a sonhar

tempo meu amado tempo

que sempre foram

tEMPOS...

Mi tiempo de nuestro tiempo

huir como arena en el viento

tiempo para meditar y reflexionar

tiempo, es mi sueño vivo o mucho tiempo para soñar

cuando mi amada tiempo

que siempre han sido

tempos...

  

 

000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

 
 

 

 

 

 

Em 17-07-2016

 
 

Outros seres ao encontro de outros...

Solitária lenda, do deserto,
Do silêncio circunspecto.
O vento trêmulo de dia, assobiante
Amainando na noite cantando
A melodia eterna das areias brancas....
O sôpro... Acariciando as pegadas
Que deixei em minhas passadas...
Em idas de outros tempos 
E em outros espaços...
Meu coração amparava 
As pétalas desmaidas da tua vida,
Nas lágrimas derramadas,
De uma saudade tão sofrida.
Não sei se o tempo conta
Mas sigo a minha sina,
Os sinos da capela repicam,
Siga... Siga...
É este o teu caminho!
Não sei...
Os anjos lá do alto, também cantam. 
Nas nuvens etéricas, sua melodia eterna.
Na caminhada de sua infinita consolação!
Um dia, um ontem nos espaços.
Que sempre foram idas e vindas...

Vera De Barcellos.

Publicações em Revistas, Boletim e On Line

  

 
 

Linda e receptiva reunião da ASAJOL em 11-06-2016, em sua sede, no centro Histórico de São José.
Segue um poema de minha lavra. Vera De Barcellos

Amigas para sempre...

Li teu caderno cheio de alegrias
Tua capa tão florida
Como pétalas de diferentes cores
Amarelo, branco, violeta
Folhas miúdas...
Viçosas em energia
Exalando perfumes
A todos que adrentavam
Na flor candura
Da tua alma poética
Reluzente de luz...
Portal da divina comédia das tranças de Nitawa
Dos gorjeios poéticos
De Feijho relances de luzes..
Dinah olhos verdes do mar...Francisco Serrador...o homem passa
Fernando Pessoa ... Ah. janelas...
Cecília Meireles...ramas altas
Quantas delícias desfrutar dos teus frutos
Olhando a noite...adentrando a madrugada
Sempre a madrugada de madrigais
...e madressilvas Ah tuas madressilvas...

( ao ler as páginas maravilhosas do diário de Arlete)

Vera De Barcellos

Enviado para Google +, face book, Varal do Brasil,Ama Nascer, Academia de literatura e Artes de todo o Brasil, A casa do Poeta Brasileiro

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Publicações em Revistas, Boletim e On Line

 
Enviado em fevereiro de 2016

Enviado para Google +, face book, Varal do Brasil,Ama Nascer, Academia de literatura e Artes de todo o Brasil, A casa do Poeta Brasileiro

 
    
 
A Todos uma linda noite er um lindo despertar 

 

Gotas...

 

Gotas que vem...

Gotas que caem...

Serão estrelas cintilantes?

Serão planetas reluzentes?

Serão pensamentos inebriados de esperanças

                                                           Afeto

                                                           Meiguice

                                                           Alegria

                                                           Otimismo

                                                           Fraternidade

                                                           Paz

                                                           Amor

Oxalá...possas tornar

Teus dias repletos

De efervescência etérica

Oriundas de planos cada vez mais altos...

Arco-íris rodando

As curvas de tua estrada

Deixando mil cores nas entrelinhas

Do teu cotidiano...

Espalhe em teu caminhar

Gotas de amor fraterno

Oriundas das profundezas

Do teu coração

Repleto das graças de DEUS...

Flores em teu coração

Alegrias em teu sorriso

Serenidade em teu caminhar

Vera De Barcellos

  

 

0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

 

Enviado on line para o Google+ e no facebook

 
  
 
Adorei visitar o Projeto A Bruxinha Catarina , no Shopping Continental, experiência muito boa para nós escritores de obras infantil. Vamos lá, vale a pena experenciar.15-03-2015
Vera De Barcellos

SOBRE O PROJETO

No fundo do quintal da casa, onde moram três crianças, há um Vale Encantado, onde vivem seres mágicos que adoram se divertir, cantando e dançando. 

Nesse Vale, Matheus, Lucas e Natália conhecerão Catarina, uma bruxinha super divertida que adora brincar com as crianças.

Bruxinha Catarina nasceu com o intuito de transformar uma prazerosa forma de entretenimento, em um fator motivador para a aprendizagem lúdica, que estimula as crianças, por meio de brincadeiras simbólicas e musicais, a recriarem o mundo que as cercam. 

O DVD traz 14 canções infantis, próprias e novas versões das tradicionais cantigas populares; e versões karaokê, com animações e canções divertidíssimas que estimularão o aprendizado através do entretenimento.
 
  
 
ooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
 
 
Enviado on line no Google+ e no face em 3-02-2016
 
    
 
Caminhos...

Caminhos que vão serpenteando a vida
Que de bela e com alegrias
são as nossas esperanças
descortinando a brisa
dos grandes filósofo das eras...
Caminhos, nossos caminhos...

Vera De Barcellos
 
000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
Mostrar menos
 
 
 
Enviado on line no Google + e no face- 02-03-2016
 
 
         NA LUZ MAIOR                                          
Vou pelas campinas verdejante
Pelos caminhos que sempre foram
Ondas douradas do sol cósmico.
Luzes amainadas da aurora
Dançavam em nevoas iluminadas
No caminho que descortinavam
Os sonhos translúcidos de um novo alvorecer...
Céus e terra...
Sol e lua...
Cantos entoem em cada coração
A LUZ que ora descortina
Em cada alma em luta...
Seja em cada seta que indica
Uma nova etapa reflorida,
De esperança...
De luz...
De alegria...
De benevolência...
De muita paz...

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

Reunião da Academia São José de Letras planejamento para o grande dia, 29-03-2016, Sessão Solene dos novos acadêmicos.

 


Um poema para o deleite de todos
 
Ao bem de si
Ao bem do outro
Ao bem do mundo
De si o bem que segue
Na ventura alegre do viver
Do sentir...
Do ser...
Do outro o bem que rege
Os ângulos da alma que vai...
A outros tempos idos...vindos
Na alegria, verão e primavera
Estação de DEUS!
O mundo que muda
Na rotação que gira
Vindas...idas
Bela visão cósmica da vida
Que rola  encantamentos mil
Mil rodas em arco-íris
Felicidade em colcheias e sons
Notas musicais
Brotos fecundos do viver
Um bem de si
Um bem do outro
Um bem do mundo
SIMPLESMENTE UM BEM !
 
Vera De Barcellos.
 
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
 
 
 

24-02-2016- Google + e face book

  
 

Onde Está?

Nos encantos da vida dos tempos de meninota crescida

Pés no chão, cabelos entrançados

E fita desbotada na cabeça,

Corria, como eu corria,

Em pinotes ou embalando em abraços

a brisa suave das ruelas poeirentas da minha Ilha querida.

Das mãos alçando voos ao buscar as pitangas vermelhinhas

no pomar da Dona Mariquinha ou as goiabas suculentas

No muro do Seu José.

Quanta alegria e peraltices,

Com Joana, Ana Amélia e Ziquinha,

Brincávamos de pega-pega, peixe frito, olés e olas, corda e cordões

Amarelinha e dez marias.

Que saudades, poeta da minha terra do sol nascente,

Da lua cheia no canto da lagoa, do terno dos réis no final do ano,

Das novenas no final do dia e das rezas das filhas de Maria.

Ai que saudades dos tempos que não voltam mais.

Minha terra está mudando...

Onde está a minha Ilha?

A terras de sol, mar e maresia,

Da pesca das tainhas, dos berbigões, siris e camarões

Das cantorias do vendedor de corujas,

das rosquinhas quentes, quanta delícia!

Onde está a minha infância tão querida, Minha Ilha, meu chão,

Minha terra bendita, meus sonhos a beira do mar? 

Vera De Barcellos

  

 
000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
 

10-02-2016- 

 ( google+ e face book)

As Flores... Minhas flores

 

Flores... Minhas flores

 

Flores dos meus encantos

Flores da primavera

Que em sonhos amanheceu

Disposta e relutante nos caminhos do meu viver

Flores amarelas, róseas e multicolores.

Sempre belas nos jardins e nas janelas

Dos portais e nas igrejas

Flores... Flores mil

 A despertar beleza, alegrias amainando tristezas,

Diminuindo correrias pelos cantos da vida

Flores... Flores nas janelas,

Que perfumam nas madrugadas,

Os corações apaixonados

em seus delírios de êxtase e paixão

Flores miúdas o encanto da mocidade

Flores, minhas flores, pequeninas flores

Floridos contornos dos meus sonhos

de  criança crescida...

 

Vera De Barcellos

 

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000-.--.-.-.-.-
 

Janeiro 2016- Google +

 
 
 

Decálogo do Poeta

 

1-     O poeta é paz, pois vive e transmite a paz.

O poeta é mestre, pois vive e transmite a sabedoria.

O poeta é amor, pois com amor transforma o mundo que lhe rodeia.

 

2-     O verdadeiro poeta transpõe na sua poesia os anais universais da Lei da Fraternidade e do Amor.

 

3-     O poeta inspirado na natureza, sementeia em seus escritos literários, a unidade do SER, transformando-se em um militante na preservação e conservação ecológica.

 

4-     O verdadeiro poeta, olhando as linhas do horizonte, abomina todos os sentimentos análogos à Lei Holistica e Humanitária.

 

5-     Para os poetas as dificuldades e os obstáculos na vida, são molas impulsionadoras, nutrindo com sabedoria, fé e discernimento seu mundo, seu caminho e sua invencibilidade.

 

6-     O poeta segue as pegadas do Grande Iluminado, ele aspira a transcendentalidade e busca a perfeição. Seu primeiro mandamento de vida é SER Poeta.

 

7-     O poeta jamais está em guerra. Suas armas são a poesia iluminando a todos em seu caminhar. Sua trajetória é deixar a alma poética tocar de mansinho muitos corações através do Amor Incondicional.

 

8-      Ser misericordioso é ser poeta, é ser pétala perfumada da mais bela flor, é ser semente do mais forte broto, é ser areia do mesmo deserto. Ser poeta é ser sinfonia musical na Universalidade dos tempos, sim, dos tempos!

 

9-     Ser poeta é não ter idade, não ter pátria, não ter fronteiras. Ser poeta é voar como as águias, é cantar como as cotovias, é ensinar como os grandes filósofos, é bailar junto aos sonhos de muitos, concretizando linhas harmônicas no Universo de Deus.

 

10- Poeta é ser um com todos. Ser poeta é saber partilhar e entender as tristezas e aceitar a vida como ela é, tirando de cada dia as melhores provisões para a sustentação da alma-espírito. Ser poeta é compartilhar a obra do Grande Arquiteto do Universo a grandiosidade de Ser Simplesmente Poeta.

    Vera De Barcellos

000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

 

Fevereiro de 2015

 
Olhos profundos...
Olhos tristes a prescrutar no infinito dos céus
O semblante misterioso do Além mar,,,
 
 
 
Janeiro 2015
 
 

 

Mar, brisa, areia... renda branca que na beira do mar vem amar,,, Bjos linda.

 

Natal 2014

 
 
   
 

Os Anjos são seres que vivem na presença de Deus

Quando presente em nossa mente, nos ajudam a iluminar os nossos objetivos, caminhos e propósitos para vivermos melhor e em harmonia. No momento em que a vela de sua escolha é acesa, fazemos nossos pedidos, entramos em contato direto com o anjo regente do dia, onde esse ritual trará uma sensação de paz, harmonia e tranquilidade. Existe hierarquia angelical , em que cada dia da semana possui um anjo regente e uma cor de vela específica para representa-lo. Abaixo temos uma relação para a sua escolha

 

Domingo-  Arcanjo Miguel- Azul- força e poder

2ª feira- Arcanjo Jofiel- Amarelo- Sabedoria e prosperidade

3ª feira-  Arcanjo Samuel- Rosa-  Amor Divino e espiritualidade

4ª feira- Arcanjo Gabriel- Branco- Pureza paz e harmonia

5ª feira- Arcanjo Rafael- Verde- verdade  e transparência

6ª feira Arcanjo  Uriel Vermelho- amor

Sábado- Arcanjos Ezequiel- Violeta- Liberdade e transmutação

 
Vera De Barcellos
 
 
 
00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
 

Material literário enviado ao Trinta Réis- revista literária da Academia São José de Letras . Decálogo do Poeta

Vera De Barcellos

 
 
000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000
 
 

Naterial literário da escritora Vera De Barcellos no jornal O Clarim da Academia de Letras do Oficios Militares de Santa Catarina

 
 
 

Contato

Vera De Barcellos vera.de.barcellos@gmail.com