POEMAS e POESIAS COMEMORATIVAS

23-10-2018
 
Um lindo encontro com muitos amigos escritores, convidados, professores e admiradores da cultura literária catarinense, que vieram na noite de hoje, 23-10-2018, parabenizar a nossa amiga escritora e confreira Katia Rebello. O lançamento de seu décimo primeiro romance intitulado " O terceiro ingrediente" é um livro repleto de mistérios, recheado de doces e aperitivos, deverá encantar a todos desde as primeiras páginas. Parabéns amiga, desejamos muitas alegrias e sucesso neste novo patamar literário. Vera De Barcellos.
 
 
 
 

Poesia para minha amiga Arlete

 
 
  
 

            

Amigas para sempre...

 

 

Li teu caderno cheio de alegrias

Tua capa tão florida

Como pétalas de diferentes cores

Amarelo, branco, violeta

Folhas miúdas...

Viçosas em energia

Exalando perfumes

A todos que adrentavam

Na flor candura

Da tua alma poética

Reluzente de luz...

Portal da divina comédia das tranças de Nitawa

Dos gorjeios poéticos

De Feijho relances de luzes..

Dinah olhos verdes do mar...Francisco Serrador...o homem passa

Fernando Pessoa ... Ah. janelas...

Cecília Meireles...ramas altas

Quantas delícias desfrutar dos teus frutos

Olhando a noite...adentrando a madrugada

Sempre a madrugada de madrigais

...e madressilvas Ah tuas madressilvas...

( ao ler as páginas maravilhosas do diário de Arlete)

Vera De Barcellos

 

 

 

 

Poema comemorativo ao Dia Nacional da Poesia 14-03 e Dia internacional da Poesia 21-03 apresentado on line no face book, Google + e no presente site Vera De Barcellos, em 15-03-2016

  
 

Homenagem ao dia Nacional da Poesia , poema da Vera De Barcellos e pinturas do artista Plástico Alexandre Vieira, exposição realizada no Shopping Continental- São José- SC, datado de 13-03-2016

Sei Poeta...

Sei poeta que hoje é o teu dia,
ou serão todos os dias da tua vida
o dia de tuas descobertas ou 
as descobertas de outras almas... 
Tua inspiração como um bisturi médico
dilacera vísceras para curar o mal
ou quem sabe as mãos de um pedreiro
que soma pedra sobre pedra para formar
uma grande parede indivisível, quem sabe!

Pingos pingados de uma saudade
conta as contas dos rosários das ave-marias,
ou o pai nosso de cada dia 
do pão de aluguel que na mesa fornece,
ou o feijão de um bago só
no tempero da água com sal 
fervendo na panela a dias!

Ah poeta! Quantas viagens nos teus mundos,
já se conta mais de centenas talvez!
Somos como o vento que apazigua os temporais 
ou as fagulhas que aumenta o fogo nos vendavais?

Ah! Poeta deixe nas linhas de tuas diretrizes
o consolo que aumenta de dia 
e atemoriza nas noites os teus sonhos despertos da intuição. 
Canta poeta os teus sentimentos mais íntimos 
da pureza que tua alma de criança crescida 
deixa transparecer as luzes que sempre foram
o néctar do mais puro mel !

Ah! poeta dedilha tua oração matinal 
rezando baixinho a outros poetas
que seguem pelo mesmo caminho em direção ao sol !

Chame poeta, teus companheiros da lida,
deixe-os dedilhar nas linhas das tuas descobertas
teus sonhos ínfimos de contornos soletrados de mistérios, 
orlando jardins a descobertos !

Sim poeta, hoje é teu dia, 
tua liberdade começa quando a do outro poeta termina.
Sim quando termina... 
Se num mesmo festival de cantorias
os poetas poderão um dia terminar suas poesias!
Pois as poesias, poeta dos meus encantos,
resistem ao tempo e ao espaço
elas são infinitamente belas e imortais...

Vera De Barcellos

  

00000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000

 

Amigas queridas( fotos em BH- Minas Gerais- 1998 á 2006)

Apresentaçâo em 11-02-2016
 
 
 
 
Amigas... Amé e Maria da graça

Queridas o elo da nossa amizade
vem de longas datas...
Amizade antiga, semente fecunda
quando o coração canta sua própria melodia...
Amizade querida, quando o sol poente
com seus raios amainam toda a natureza florida
Amizade, minhas queridas é sentir saudade
 e consolar-se com as lembranças sorridentes
de cada coração pulsante...
Amizade é cartão florido que se leva
além dos tempos
Que sempre foram tempos de amor, paz e descobertas imortais.
Bjos queridas amigas...

Vera De Barcellos
 
 
 
-ooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
 

Os jardins ( 10-02-2016 )

 
 
 

Os jardins dos meus encantos( jardins no Rio Tavares )

O verde da minha terra
cantam nos jardins dos meus sonhos
São flores da primavera, outono e do verão
E a chuvinha caindo fina nos tempos de inverno...
Terra querida, minha terra
Jardins dos meus encantos...

Vera De Barcellos

 

 

 

 

-o-o-o-o-o-o-o-o-o--o-o-o-oo-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o-o--o-o-o-o-o-o-o-o-o-o

 
 
 

O encontro das artes amigas ( relembrando 1995 nos USA , hoje sendo 10-02-2016) 

 
  

 

Somos amigas a muito tempo

Conversamos trocamos ideias com  as cores

Com as formas e suas nuances acorrem rápidas

Nosso coração transborda de alegrias

Quando vemos as telas prontas

Coloridas com formas e guias

A colorirem nossos dias

Amizade é tudo de bom

Trocamos ideias, formamos conceitos e nos entendemos.

Amizades é cor, é forma, é música, é simplesmente coração...

 

Vera De Barcellos

-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-00-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-0-

 

Natal- 2015

 
 
 

Um feliz Natal  e próspero ano novo

 

Na beleza de interiorizarmo-nos nas asas dos anjos de Deus, aspirando a beleza do Universo e deleitarmo-nos nos sons das músicas imortais, esta é a verdadeira missão do espírito encarnado. .

Meditando com os anjos, o superior pensamento dos mortais se liga automaticamente às Hostes Celestiais unindo-se as Grandes Emanações dos Mestres.

Sentir a paz em cada movimento, em cada fibra de seu corpo, curando e fortalecendo também, todos os níveis do seu aprendizado espiritual. 

Embelezamo-nos com a harmonia que canta a natureza e a beleza dos corações que nos cercam, dando-nos amor, carinho e atenção. Podemos desta forma também ampliar nosso afeto à todos os que nos cercam da forma que se apresentam em nossa vida.

Se por acaso não recebemos a atenção que esperávamos, a Lei do Amor do Pai nos leva a adquirir forças para dar “especial amor” aos irmãos necessitados, esta é a Lei Universal.

Nestes instantes este Amor vem do Pai e para o Pai segue nas entrelinhas dos Mistérios da causa e efeito.

            Aquietemos nossa desconfiança e elevemos nossos pensamentos ao aquietamento da paz onde nos unimos aos planos mais altos do nosso Desabrochar Evolutivo.

Sentir a serenidade bailar em nossos corações em cada gesto amoroso onde o silencio e a intensidade do nosso olhar explode no Amor de Deus a todos os viventes.

Este Universo de Unidade e de Expansão Consciencial, nos fazem seguir para frente na nossa escala evolutiva, através das nossas escolhas acertadamente em direção a Luz de Deus.

Na beleza de sermos um,  junto a todos os irmãos de caminhada, entrelaçamo-nos à fraternidade do Amor Universal para vivermos na imortalidade do espírito no Amor de Deus e para este Amor!

Vera De Barcellos

( Refletir na espiritualidade é dançarmos ao som da Orquestra Divina )

 

  

Enfeites na sala de estar ( foto da esquerda) Wilma, Gema, Guiomar e Yoko amigas da canastra. Confraternização natal 2015.

 

 

 

 

 

 

 

 

Contato

Vera De Barcellos vera.de.barcellos@gmail.com